Etiquetas

, ,

O sistema que inclui dutos e coifas individuais para cada entidade deve garantir que o ambiente dentro do Centreventos seja agradável mesmo durante a preparação dos alimentos.

Este ano a estrutura das 17 instituições responsáveis pela gastronomia está sendo montada na parte interna da festa e por isso os cuidados com a qualidade do ar e a saída de fumaça foi intensa. “Todos os resíduos produzidos pelas fritadeiras que por ventura poderiam provocar mau cheiro vão ser expulsos para a parte externa pelas coifas que contam com a ajuda de motores para bombear o ar”, explica o diretor do Centreventos, Jaime Santana.

Implementação do sistema

Além da ventilação, também será monitorada a qualidade do óleo usado para fazer as frituras. Equipes da vigilância sanitária vão fiscalizar as cozinhas para evitar o reaproveitamento de gordura de forma irregular e o óleo já usado será recolhido por uma empresa especializada de acordo com o gerente da Gastronomia da Marejada, Benício Setti.

“A Fundação do Meio Ambiente de Itajaí nos indicou empresas especializadas em reaproveitamento de óleo de cozinha e nós estamos acertando toda a documentação necessária para que as instituições façam o recolhimento e dêem a destinação correta para este óleo”, conclui.

Anúncios